Pensamento Queer – Tendências e Crises
06/05/2017
0

Tão bom quando gostamos de alguém que faz coisas tão bonitas e fala spbre coisas importantes para nós. Sobre pensamento queer, é ir, é conversar e partilhar e aprender sobre isto do que é queer.

O workshop “Pensamento Queer – Tendências e Crises” propõe-se a dois propósitos fundamentais. Por um lado, procurar-se-á traçar um percurso através de algumas questões elementares dos dos discursos críticos queer contemporâneos, indo da teoria queer (cada vez mais formalizada nos grandes eixos institucionais académicos) a diferentes contra-discursos propostos em contextos históricos de activismo e prática política não-academizada. Por outro lado, procurar-se-á aceitar, talvez mesmo encenar, a própria crise destas formas de conhecimento: reconhece-se à partida a importância de evidenciar os seus limites, procurando fomentar uma relação crítica com o pensamento queer que o re-potencialize e re-elabore para lá das suas fórmulas estruturais, que inclusive correm demasiadas vezes o risco de corroborar variadas formas de opressão.

Espera-se no processo quer facilitar o acesso ao contacto com saberes queer por via de materiais diversos – incluindo artigos académicos, conteúdos audiovisuais, etc -, quer constituir um espaço colectivo marcado por uma prática conjunta de auto-reflexividade, que permita pensar as articulações pessoais das diferentes questões políticas e conceptuais abordadas e fomentar o confronto crítico *e* subjectivo om os saberes em articulação. Assim, cada participante é convidadx a tomar controlo de uma série de dispositivos interpretativos que pode e deve operar de acordo com as suas próprias premissas, urgências, e particularidades, no sentido de combater a solidificação violenta do pensamento queer numa forma só, multiplicando-se, isso sim, os modos de estar, desejar, pensar e fazer – assumindo-se que é precisamente nesse projecto de multiplicação que reside o valor real dos projectos críticos queer

/ método

Duas sessões de 3 horas cada, sábado e domingo, das 17h às 20h, com exposição verbal e textual de conteúdos, exibição de materiais audiovisuais, discussão aberta de textos, e alguns exercícios de cariz interactivo para facilitar a elaboração e articulação.

/ ficha técnica

Concepção e articulação: Daniel Lourenço
Imagem de divulgação: Ana Farias
Produção: Rua das Gaivotas6

/ inscrição

A inscrição é realizada por via de um breve e-mail de apresentação a enviar para as moradas d.h.lour@gmail.com e ruadasgaivotas@teatropraga.com, sendo o pagamento da taxa de inscrição de 20 € feito presencialmente, após confirmação da recepção do e-mail de apresentação. O propósito do e-mail de apresentação é permitir ao dinamizador uma noção aproximada de que tipo de público esperar, de modo a adaptar adequadamente a abordagem do workshop se e quando necessário.

/ condições de acessibilidade

Embora o workshop seja conduzido em Português, vários dos materiais em discussão (textos, audiovisuais) estarão em Inglês, sendo a familiaridade com a língua uma vantagem.

Infelizmente, o espaço em que se realizará o workshop não tem condições de acessibilidade para cadeiras de roda.

Contribuições Queeringstyle

Contribuições Queeringstyle

Contribuições convidadas. Queres escrever para o Queering Style? Contacta-nos clicando no coração.
Contribuições Queeringstyle

Artigos recentes por Contribuições Queeringstyle (ver todos)