PdA: Ana Moreira
22/01/2016
1

Proust de Algibeira está ali entre o questionário de liceu com cheiro a madalenas e speed dating com potencial. São dez perguntas feitas a pessoas interessantes, e com dez minutos para me aturar.

 

Então, quem és tu?

Alto! Eu sou a Ana Moreira, também conhecida por Aim.

 

Que tens feito?

Algumas coisas… Estou agora a começar o doutoramento em Neurociências. Para além disso, lancei há pouco tempo um EP com a banda Anarchicks (vão ouvir já!) e estou a montar a performance do meu novo projeto musical Tender Bender.

 

O que é que fazes muito muito bem?

Sou expert na arte de bullshitting e a fazer educated guesses (e a acertar).

 

O que é que fazes terrivelmente mal?

Poesia. Escrever letras de músicas e textos livres. Zero à esquerda.

 

Quem é para ti a pessoa mais incrível de sempre?

Hmm… Ai, esta é difícil. Acho que vou dizer: Peaches. Ela é incrível, faz música incrível, e passa mensagens incríveis.

 

O que é que te enerva?

“Deve de ser” e erros semelhantes. Condutores que não usam os piscas. Programas que crasham antes de eu conseguir gravar coisas.

 

Tens €1000 para oferecer a uma causa ou associação de solidariedade. Qual escolhes?

Escolheria uma associação que acolhe animais abandonados/mal-tratados que precisam de ajuda e de amor.

 

Qual foi a melhor coisa que viste esta semana?

Isto:

 

E a pior?

Gente nova conservadora e de direita.

 

Partilha aí um truque ou dica mesmo fixe.

Quando vão comprar roupa, vejam sempre a secção de crianças. É mais barato, as coisas não são tão gendered, e muitas vezes há tamanhos que servem a “gente crescida”.


Anarchicks aqui.

Tender Bender aqui.

 

Vanda Noronha

Vanda Noronha

Pensar que esta pessoa é o nº 2 do Queering é dizer pouco. É a pessoa por detrás do ecrã que fez com que este site fosse possível. É também fotógrafa oficial do Queering style, e vai trazer-nos a agenda cultural queer mais interessante de todas.
Vanda Noronha

Artigos recentes por Vanda Noronha (ver todos)

Deixe uma resposta

1 comment