Mosqueando
23/07/2016
0

Entre conversas de facebook e, o nosso amor por ilustração encontrámos a Mosqueando.

As suas ilustraçõs de mulheres negras, de vários tipos de corpos, as alusões a pessoas andrógenas e a junção de todas as cores do arco-íris com orelhas pontiagudas, fizeram com que, não pudessemos passar sem vos mostrar este trabalho lindo da Gio que ela descreve na primeira pessoa. =) <3

Meu nome é Gio, tenho 20 anos e moro no Brasil.

A ideia da página Mosqueando surgiu na verdade por pressão de uns amigos que sempre diziam que seria bom postar minhas ilustrações. E bem, no começo eu não gostava, não estava muito afim, tanto que desativei a página logo que criei, até que eu pudesse encontrar um sentido no que eu fazia.

Quando eu realmente comecei a me aprofundar no feminismo negro, eu percebi o quanto a falta de representatividade afetava as meninas que estão fora do padrão estético, principalmente a mulher negra e gorda. E não foi só sobre estética, e sim sobre a necessidade de ver mulheres negras, gordas, fora do padrão sendo exaltadas.

 

É sobre se reconhecer e ver beleza nisso. Nadar contra essa corrente que inferioriza e nega a beleza dessas mulheres. Se reconhecer linda e maravilhosa por ser exatamente quem e como você é, é o melhor exercício pra ter a auto estima elevada. E se empoderar é isso, se sentir capaz de ser quem você é, fazer o que quer.

13734824_1055201544562453_1914187457_n
É amor próprio. É liberdade.

Então eu comecei a desenhar mulheres que precisavam ser desenhadas, representadas, que precisavam ser vistas como elas são: lindas.
Eu não via sentido em desenhar uma menina magra e branca com traços europeus, por exemplo, porque já tem muitos desenhos assim, elas não sofrem com esse déficit de representatividade.

mosqueando

Então, eu simplesmente entendi que eu poderia contribuir na visibilidade de outros tipos de garotas. É o que eu faço, desenho meninas gordas, negras, crespas e lindas, para que se empoderem, e que se sintam representadas.

13694119_1055200321229242_702267163_o

Alexa Santos

Alexa Santos

Depois de anos sem encontrar um espaço que pudesse chamar seu, Alexa criou o queeringstyle. No início uma página de Tumblr, hoje um espaço para pessoas que queiram falar, estar, partilhar. Não sabe muitas vezes parar porque, tudo o que faz vem do centro do peito. Gosta de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, por isso é possível que se encontrem algures. Se sim, não deixes de dizer olá.
Alexa Santos

Artigos recentes por Alexa Santos (ver todos)