Apêndices
13/12/2016
0

No outro dia lembraram-me do meu apêndice.

O apêndice é aquela parte do corpo que não é necessariamente necessária para um ser necessitado.
No entanto, se não fossem as necessidades não teríamos apêndice.
Apêndices, pesados, presos, pendentes, pendendo para o lado de dentro das entranhas mais entranhadas da gente.
Aquelas que não conseguimos alcançar, jogar a mão, tocar, curar.

Então, não sabem que só com com o tempo a coisa lá vai.
Que no alcance de nós mesmas só o tempo ajuda.

Presa, pendente, perdendo, pendendo, fica-se com as prendas que a vida tem e as aprendizagens diárias agarrada às mais inconsequentes vísceras.
Elas não pensam com a razão e se for para fazer que seja de peito nas mãos e nada nas mangas, cartas na mesa e vísceras e entranhas e tudo.
E dias, que o tempo cura tudo.

Com tempo, tudo se faz, no tempo tudo se consegue.
Até viver de vísceras e entranhas de coração ao relento e passo a passo por dentro.

Alexa Santos

Alexa Santos

Depois de anos sem encontrar um espaço que pudesse chamar seu, Alexa criou o queeringstyle. No início uma página de Tumblr, hoje um espaço para pessoas que queiram falar, estar, partilhar. Não sabe muitas vezes parar porque, tudo o que faz vem do centro do peito. Gosta de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, por isso é possível que se encontrem algures. Se sim, não deixes de dizer olá.
Alexa Santos

Artigos recentes por Alexa Santos (ver todos)