//50//

francamente, que se fodam estes discursos amplamente disseminados sobre como somos todxs pessoas, unidas por um amor que tudo remenda e transcende, que choram em colectivo um ataque a valores abstractos.

porque sabemos bem que ser “pessoa” é algo atribuído aos corpos humanos de modo diferenciado e discriminatório e que ser efectivamente humanizadx é uma experiência que recai sobre corpos apenas nas suas dimensões mais normativas, sendo que nesta cultura há sempre corpos mais defensíveis e amáveis e choráveis-por que outros (mais, por exemplo, por serem ocidentais; menos, por exemplo, por serem não-brancos, não-cis, não-hetero).

porque sabemos bem que o amor nem tudo resolve e porque o amor, na sua completa e linda materialidade, não tem obrigação nenhuma de ultrapassar a violência da perda, podendo e muitas vezes precisando de se mutar, de virar dor, de virar raiva, de virar fúria. porque a dor, a raiva e a fúria também nos situam no mundo, e também nos organizam.

porque sabemos bem que não são valores abstractos (ideações como A Liberdade…) que são mortas ou feridas no acto de violência mas sim corpos vivos, actuantes, expressivos, amantes, movidos, dançantes. e que são esses corpos, e nenhuma maquinação abstracta idealista, que nos fazem ser-em-conjunto, nas múltiplas formas de diálogo em que as nossas matérias se articulam.

segue-se que não, não se trata de uma violência sobre todxs nós, mas sim sobre xs mais social e politicamente vulneráveis. segue-se que não, o amor só por si às vezes não nos salva, precisando de se desarticular e re-articular, de se agenciar na forma de outros afectos, igualmente bonitos e eficazes e colectivos. e segue-se que não, não estão em causa as vossas maquinações ideológicas e manobras discursivas, mas sim as nossas vozes, e desejos, e colectividades, e no limite, vidas.

que se foda enfim o vosso luto global e temperado. vamos fazer o nosso luto particular e magoado. e disso fazer luta também.

Contribuições Queeringstyle

Contribuições Queeringstyle

Contribuições convidadas. Queres escrever para o Queering Style? Contacta-nos clicando no coração.
Contribuições Queeringstyle

Artigos recentes por Contribuições Queeringstyle (ver todos)